Centro de impressão sem fio

Glossário de termos

Termos A - E

802.11 Ler mais

I802.11 e 802.11x refere-se à família de especificações desenvolvidas pelo IEEE para tecnologia de LAN sem fio (WLAN). 802.11x especifica uma interface por transmissão aérea (over the air) entre um dispositivo sem fio e uma estação de base (ponto de acesso ou roteador) ou entre dois dispositivos sem fio (como em uma rede ad hoc). Exemplos de especificações 802.11 incluem 802.11b, 802.11g, 802.11n e 802.11ac.

Ponto de acesso Ler mais

Um ponto de acesso transmite e recebe ondas de rádio para permitir que dispositivos sem fio conectem-se à rede sem fio. Dispositivos sem fio (como impressoras ou laptops) podem se conectar a uma rede por meio de um ponto de acesso. Muitos roteadores possuem ponto de acesso integrado e são denominados "roteadores sem fio".

Ad hoc Ler mais

Uma rede ad hoc é um grupo de dispositivos, como computadores ou impressoras, conectados como uma rede independente. Uma rede ad hoc não usa um roteador sem fio, portanto, os dispositivos não podem ser conectados à Internet. Se os dispositivos tiverem recurso de conexão sem fio, você poderá criar uma rede ad hoc sem fio. É possível também usar cabos Ethernet, mas cabos especiais, conhecidos como Crossover (cruzados, trançados ou de pares trançados) são necessários para conexão dispositivo-a-dispositivo.

AES Ler mais

Advanced Encryption Standard (AES) é um método de criptografia formal adotado pelo National Institute of Standards and Technology (Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia) do governo dos EUA e aceito em todo o mundo. É a forma mais nova e segura de criptografar dados na rede sem fio. É conhecido às vezes como WPA2.

Endereço IP automático Ler mais

Se um dispositivo de rede não receber um endereço IP por um roteador DHCP ou se este não receber um endereço IP por meio de atribuição de endereço IP manual ou estática, o dispositivo atribuirá um endereço IP a ele mesmo, geralmente conhecido como endereço IP automático. Os endereços IP automáticos estão na faixa de 169.254.0.0 e 169.254.255.255.

Sobreposição de canal Ler mais

Se você morar em uma área com muito tráfego de rede sem fio, poderá haver outras redes sem fio usando canais sem fio que estão perto do canal usado pela sua rede. Se dois canais estiverem em cinco canais um do outro, isso será a sobreposição de canal. Um exemplo é a sua rede sem fio usando o canal 6 e a do seu vizinho usando o 4. Essa situação pode diminuir o desempenho da sua rede (e o da rede do seu vizinho). O melhor é usar pelo menos 5 (ou mais) canais de distância do canal mais próximo. Para o exemplo acima, você poderá usar os canais 9, 10 ou 11. A maioria dos roteadores permite selecionar um canal manualmente para uso pela sua rede sem fio.

Gateway padrão Ler mais

O gateway é um endereço (o endereço IP principal do roteador de uma rede sem fio, por exemplo) em uma rede que serve como ponto de acesso para outra rede (como a Internet). É possível usar o gateway padrão para acessar a página de configuração do roteador sem fio digitando o endereço do gateway padrão na barra de endereços de um navegador.

DHCP Ler mais

Dynamic Host Configuration Protocol (Protocolo de Configuração de Host Dinâmico) é um protocolo de rede usado por dispositivos, como roteadores, computadores e impressoras, para obter um endereço IP do roteador para que possam operar em uma rede.

Dial-up Ler mais

Um método de conexão à Internet que usa as linhas telefônicas existentes na casa e é a forma de transferência de dados mais lenta. Se o modem dial-up estiver em uso, o telefone não poderá ser usado.

DSL Ler mais

Digital Subscriber Line (Linha do Assinante Digital) é um serviço de Internet de alta velocidade que compete com a Internet a cabo para fornecer acesso on-line. DSL opera em linhas telefônicas a cabo padrão, como o serviço dial-up, mas é muitas vezes mais rápida que a conexão dial-up. Além de ser mais rápida do que a dial-up, a DSL coexiste com o serviço telefônico, permitindo que os usuários naveguem pela Internet e usem o telefone ao mesmo tempo.

Endereço IP dinâmico Ler mais

Um endereço IP dinâmico é atribuído a um dispositivo da rede por um servidor DHCP (geralmente um roteador em uma rede). Quando um dispositivo é desconectado da rede, ele obtém um endereço IP diferente do servidor DHCP quando se reconecta. Isso permite que o servidor DHCP gerencie um pool de endereços IP sem intervenção do usuário.

Criptografia Ler mais

A criptografia é uma forma de proteger a sua rede sem fio de usuários indesejados. É opcional, mas altamente recomendada. Com o uso de um método de criptografia, uma senha ou chave é usada para codificar todas as mensagens enviadas pela rede sem fio. Apenas os dispositivos que conhecem o nome da rede e a senha podem localizar e decodificar qualquer comunicação via rede. Os tipos mais comuns de criptografia são WEP e WPA/WPA2.

Ethernet Ler mais

Um cabo de rede (igual ao de telefone, porém, mais grosso) que permite que um dispositivo (computador, impressora etc.) se conecte a uma rede de alta velocidade.

Hub ethernet Ler mais

Um ponto de conexão comum para dispositivos em uma rede. Um hub tem várias portas Ethernet. Quando um pacote de dados chega a uma porta, ele é copiado para as outras portas para que todos os dispositivos conectados ao hub possam ver todos os pacotes. A diferença entre um hub e um roteador é que os roteadores podem rotear pacotes de dados a um dispositivo específico conectado ao roteador para que todos os dispositivos não o recebam.

EWS Ler mais

Embedded Web Server (Servidor da Web Incorporado) é um servidor da Web existente em um dispositivo, como roteador sem fio, que lhe permite definir as configurações de tal dispositivo. O EWS de um dispositivo pode ser acessado abrindo um navegador e especificando o endereço IP do dispositivo na caixa de endereços do navegador (onde você normalmente digita URLs para acessar sites). A maioria das impressoras sem fio possui um EWS (também chamado de Página Inicial da Impressora).

Termos F - M

FIOS Ler mais

Fiber Optic Service (Serviço de Fibra Óptica) é um serviço de comunicação de dados que usa cabos de fibra óptica para transferir dados usando pulsos de luz.

Firewall Ler mais

Qualquer dispositivo de hardware ou software desenvolvido para impedir que computadores em uma rede se comuniquem diretamente com computadores externos por meio da filtragem das informações provenientes da conexão com a Internet que entram em sua rede privada ou em seu computador. O firewall mantém os hackers afastados e protege os dados pessoais atuando como uma barreira por meio da qual todas as informações que trafegam entre a rede ou o computador e sistemas externos devem ser aprovadas. A maioria dos roteadores possuem um firewall de hardware. Firewalls de software são instalados nos computadores.

Endereço IP de gateway Ler mais

Esse é o endereço IP do seu roteador sem fio.

Cabo de alta velocidade Ler mais

Usa uma linha de TV a cabo local (não uma linha telefônica) para conectar-se à Internet, possibilitando conexão contínua com a Internet. O telefone pode ser usado enquanto o computador estiver conectado à Internet.

Hub Ler mais

Um hub é um ponto de conexão comum para dispositivos de uma rede. Um hub tem várias portas. Quando um pacote de dados chega na porta de entrada, ele é enviado a todas as portas de saída para que todos os dispositivos conectados ao hub recebam os pacotes. A diferença entre um hub e um roteador é que os roteadores podem rotear pacotes de dados a dispositivos específicos conectados ao roteador para que todos os dispositivos não o recebam.

Infraestrutura Ler mais

O tipo mais comum de topologia de rede, também conhecido como "padrão". Uma rede de infraestrutura usa um roteador, hub ou ponto de acesso para conectar dispositivos diferentes na rede.

Endereço IP Ler mais

O endereço IP é uma série de números por meio dos quais computadores, impressoras e outros dispositivos em uma rede são conhecidos. Um endereço IP é geralmente emitido pelo roteador sem fio local (rede) a partir de seu serviço DHCP. Um dispositivo recebe um endereço IP similar ao endereço IP do roteador sem fio. Por exemplo, se o endereço IP do roteador sem fio for 192.168.1.1, uma impressora poderá receber um endereço IP de 192.168.1.5. Quando dispositivos em uma rede compartilham o mesmo formato de endereço IP, eles estão na mesma sub-rede.

IPCONFIG Ler mais

IP CONFIGuration (Configuração de IP) é um utilitário de linha de comando do Windows usado para gerenciar o endereço IP atribuído à máquina em que está em execução. Usado sem nenhum parâmetro adicional, mostra o IP atualmente atribuído do computador, a máscara de sub-rede e os endereços de gateway padrão. IPCONFIG tem vários switches de linha de comando (parâmetros). Por exemplo, "IPCONFIG /all" mostra uma variedade de dados, incluindo o nome do computador (nome de host), endereço MAC Ethernet e endereços de servidor DNS.

ISP Ler mais

Internet Service Provider (Provedor de Serviço de Internet) é uma empresa que fornece o serviço de Internet de sua casa. Os exemplos incluem os serviços de Internet a cabo, DSL ou FIOS.

LAN Ler mais

Local Area Network (Rede Local) interconecta dispositivos de rede dentro de uma área limitada. Dispositivos conectados podem compartilhar recursos fornecidos pela rede, incluindo conectividade à internet e impressoras de rede.

Endereço MAC Ler mais

MAC significa Media Access Control (Controle de Acesso a Mídia). Todo dispositivo com recurso de rede (computadores, impressoras, roteadores de impressoras, etc.) recebe um número de série físico exclusivo de seu fabricante para uso na comunicação de rede.

Rede mista Ler mais

Uma rede que usa conexões sem fio e Ethernet.

MODEM Ler mais

O modem estabelece e mantém a conexão com o serviço do provedor de internet e converte os sinais de e para o roteador apropriadamente. Um provedor de serviços de Internet oferece várias formas de conexão com a Internet: dial-up, cabo de alta velocidade, DSL ou FiOS.

Termos N - Z

Adaptador de rede Ler mais

Um adaptador de rede conecta um dispositivo, como um computador, a uma rede. O termo "adaptador" foi popularizado originalmente como referência a placas complementares Ethernet para computadores. Há inúmeros adaptadores de rede físicos modernos em vários formatos. A maioria dos adaptadores de rede sem fio destinada a laptops é fabricada como um chip de circuito integrado. Algumas impressoras de rede HP possuem adaptadores sem fio e Ethernet.

Roaming Ler mais

Roaming ajuda a garantir que um dispositivo sem fio viajante esteja conectado a uma rede sem perder a conexão.

Software de segurança Ler mais

O software de segurança é qualquer programa de computador projetado para ampliar a segurança de informações.

SSID Ler mais

Service Set Identifier (Identificador de Conjunto de Serviços) é um nome especificado pelo usuário que identifica uma rede sem fio 802.11x particular.

Endereço IP estático Ler mais

Um endereço IP atribuído manualmente a um dispositivo que não mudará, mesmo se conectado a um roteador com DHCP.

TKIP Ler mais

Temporal Key Integrity Protocol (Protocolo de Integridade de Chave Temporal), ou TKIP, é um método de criptografia desenvolvido para substituir WEP sem precisar substituir o hardware legado. Essa necessidade surgiu quando WEP sofreu violação e as redes Wi-Fi ficaram vulneráveis. Entretanto, TKIP usa o mesmo mecanismo subjacente que WEP e, consequentemente, fica vulnerável a ataques.

VPN Ler mais

Virtual Private Network (Rede Privada Virtual) é uma rede protegida que fica no topo de uma rede existente. A natureza privada de uma VPN significa que os dados que trafegam pela VPN geralmente não ficam visíveis para os outros computadores ou impressoras na rede existente. Um exemplo disso é que um computador conectado a uma rede doméstica (bem como por uma conexão VPN) não terá acesso a outros dispositivos conectados à rede doméstica, como uma impressora sem fio.

WAN Ler mais

Wide Area Network (Rede de Longa Distância) é uma rede de comunicações de longa distância que cobre uma ampla área geográfica, como um estado ou país. Companhias telefônicas e operadoras de celulares usam WANs para atender a áreas regionais grandes ou a toda a nação. Empresas grandes têm suas próprias WANs privadas para comunicação entre escritórios distantes, usando a Internet (a maior WAN do mundo) para conectividade.

WEP Ler mais

Wired Equivalent Privacy (Privacidade Equivalente com Fio) é um padrão de criptografia que era o padrão de criptografia original para comunicação sem fio. WEP foi projetado para oferecer o mesmo nível de segurança de uma rede com fio, mas sua segurança já está comprometida e agora os hackers têm relativa facilidade de invasão por meio da localização da chave.

Canal sem fio Ler mais

A comunicação de rede sem fio entre dispositivos de rede acontece em uma frequência específica chamada de canal. Há diversos canais disponíveis para esta comunicação. Geralmente, o roteador sem fio escolherá um canal específico para toda a comunicação de rede sem fio em uma rede doméstica. A maioria dos roteadores também permite ao usuário selecionar manualmente um canal. Às vezes, selecionar um canal diferente pode melhorar o desempenho da rede (ver sobreposição de canal).

LAN sem fio Ler mais

Rede Local Sem Fio (WLAN) ou Rede Sem Fio é uma rede de computador sem fio que conecta dois ou mais dispositivos usando um método de distribuição sem fio dentro de uma área limitada.

Roteador sem fio Ler mais

O roteador sem fio é um hardware de rede que permite que dispositivos com e sem fio se conectem a uma rede. Quando conectados a um roteador sem fio, dispositivos como computadores, impressoras e outros eletrônicos habilitados para Wi-Fi podem compartilhar uma conexão de Internet E estabelecer conexão entre eles. É possível estabelecer conexões com o roteador sem fio por meio de uma conexão sem fio ou uma conexão com fio usando um cabo Ethernet.

WPA/WPA2 Ler mais

Wi-Fi Protected Access (Acesso Protegido por Wi-Fi) e Wi-Fi Protected Access II (Acesso Protegido por Wi-Fi 2) são dois protocolos de segurança para proteger redes sem fio. Estes protocolos foram desenvolvidos em resposta a fraquezas sérias na prévia solução de segurança WEP.

WPS Ler mais

Wi-Fi Protected Setup (Configuração Protegida por Wi-Fi) é um padrão de segurança de rede para permitir que os usuários domésticos que conhecem pouco sobre segurança sem fio e podem estar intimidados pelas opções de segurança disponíveis a configurarem Wi-Fi Protected Setup (WPA), assim como tornar fácil para adicionar novos dispositivos a uma rede existente sem inserir frases-chave longas.